Research diary for my Master thesis project: From Efficiency to Engagement: Game Dynamics on the Social Web. Tim Koch-Grünberg, Aveiro, Portugal.
pesquisar neste blog
posts recentes

Economia do Envolvimento

Reading Notes: The Multifaceted Nature of Intrinsic Motivation (2/2)

Reading Notes: The Multifaceted Nature of Intrinsic Motivation (1/2)

Reading Notes: Acting with Technology (1)

Google Tech Talks

TED Talks

Dissertation project: influent authors

reading notes: Information Visualization and Interface Culture

reading notes: Designing for Collaboration and Communication

(Inter)acções abertas vs estruturadas

arquivos

Janeiro 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Domingo, 10 de Outubro de 2010
(Inter)acções abertas vs estruturadas

Uma interface pode possibilitar uma acção de forma aberta (livre) ou estruturada (condicionada). A interface "aberta" dá mais liberdade de personalização ao utilizador. Pelo outro lado, oferece pouca ajuda, raramente é self-explainatory, pode deixar o utilizador na dúvida se está a realizar a acção da forma correcta e leva a resultados incoerentes entre várias utilizações. Um exemplo deste tipo de interface é a própria Wiki do Sapo Campus (que recorre à Mediawiki, o mesmo motor da Wikipedia). A interface para a escrita de uma página ou de um artigo consiste numa janela de edição de texto, totalmente em branco. A junção de várias páginas num todo organizado requer a livre associação de páginas individuais através de links. Isto faz com que exista pouca coerência na estruturação de páginas individuais e na forma como várias páginas estão associadas. Os utilizadores têm que observar exemplos de páginas existentes ou continuar na dúvida se estão a trabalhar da melhor forma.

 

Uma interface estruturada, pelo outro lado, dita um processo específico para realizar uma acção. Isto limita a liberdade do utilizador, mas retira muitas dúvidas e incertezas. Exemplos de interfaces estruturadas são mecanismos de expressão de avaliação subjectiva de qualidade de um conteúdo multimédia (feedback) através de ratings ou likes em sites de redes sociais como o Youtube ou o Facebook (ou o próprio Sapo Campus Fotos e Vídeos). Um exemplo de uma interface não-estruturada para dar feedback seria uma caixa de comentário. Devido à maior facilidade de acção, as interfaces estruturadas convidam muito mais à acção do que as não estruturadas. Prova disto é a página oficial do Sapo Campus no Facebook. No momento de escrita deste artigo (10/10/2010, 22h50), os 10 últimos itens publicados nessa página tiveram 21 likes e somente 3 comentários.

 

Uma acção deve ser possibilitada de uma forma aberta com recurso a estruturação sempre que necessário. Assim mantemos a liberdade de personalização, enriquecendo-a com a ajuda oferecida pela estruturação do processo. Um exemplo desta abordagem é a dupla like + comentário no Facebook. Posso simplesmente likear ou, se desejar ser mais específico, adicionar também um comentário. No caso da estruturação de páginas na Wiki, deveria existir uma área com uma lista de secções comuns. Com um clique adicionaria uma secção com o nome (editável) da secção seleccionada. Junto desta secção aparecia uma caixa de texto em que posso inserir o texto dessa secção específica. Em alternativa, podia criar instantaneamente todas as secções. Podiam existir vários templates de artigos diferentes.

 

Podemos observar que vários serviços Web caminham em direcção a interacções estruturadas com gerações mais recentes de serviços. O Tumblr (um serviço de blogging lançado em 2007), por exemplo, oferece interfaces estruturadas para diversos tipos de posts diferentes.

 

A definição da estruturação adequada das acções possibilitadas por uma aplicação devia ser uma preocupação central no desenho da interacção de qualquer serviço.


tags:

publicado por tim às 22:57

mais sobre mim
Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


tags

todas as tags

subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post